Beleza

PUBLISHED ON APR 16, 16047

A associação entre beleza e obesidade inexiste neste início de século XXI. Foi-se o tempo em que a beleza estava diretamente ligada às formas redondas das madonas renascentistas de Rafael. Beleza feminina na primeira década dos anos 2000, remete a modelos e manequins que adquiriram formas esquálidas, onde os ossos ficam a mostra e a aversão ao prazer de se alimentar estão visíveis.

Como nos diz Houaiss, a beleza seria uma característica daquilo que possui harmonia, proporção ou simetria. Mas parece que não há espaço para a beleza quando tratamos de obesidade no século XXI, a não ser pela via da famosa máxima: “É gordinha mas tem um rosto tão bonito…”.